sábado, 8 de novembro de 2014

DESCULPA, SE TE AMEI

            


       
          Quando eu te amei, era um amante ingénuo de beijos murchos de saliva e de mãos desmaiadas sob o desejo veloz das tuas asas.
            Que conhecia eu do céu, se não o azul que me pintava os olhos? Era absurdo que desconhecesse que se podiam inventar novos firmamentos no prazer do sexo e voar extasiado pelo espaço infinito da alma.
            Isto passou-se há já muitos anos, quando eu era um jovem delicado e puro e acreditava que gritar o meu Amor por ti era o suficiente para nos tornar felizes.
            É claro que me deixaste e foi na tristeza da tua perda que aprendi que o Amor não vive apenas de sentimentos e de palavras e que é na fome do desejo que se alimenta a sobrevivência das relações amorosas.
            Ou será que estes pensamentos são apenas meros devaneios meus? Que afinal o tempo é que define a verdade. Se desejamos e se amamos? Se após as brasas flamejantes do desejo, o Amor se apaga nas cinzas dos lençóis?
            Certezas, guardo apenas uma: muitos foram os homens que amaste ou desejaste, mas nunca foste feliz. Porquê? Se dizem que o Amor e o sexo são a essência da vida?
            Desculpa por hoje te lembrar e falar de ti e mostrar a amargura de ter sido abandonado, simplesmente por te querer amar.
Desculpa se te amei e recusei sempre emprestar-te o dinheiro para comprares a droga, que dizias te faria esquecer o quanto eras infeliz. 
        Desculpa se te amei, quando te prostituías para pagar o vício e sempre recusei comprar o teu corpo para provar-te o meu desejo de Amor.
            Desculpa se te amei, mas te deixei morrer de overdose.
            Não tens desculpa, sua estúpida, por não aceitares o meu generoso e verdadeiro Amor e te teres suicidado.

Alguns dos comentários efectuados no meu perfil no Google +. Com os meus AGRADECIMENTOS a todos os Amigos/Leitores dos meus textos e que se identificam com a minha procura constante de apelar à dignidade, solidariedade e humanidade. 

O vosso carinho e sentimentos são muito importantes, nesta partilha fundamental: O AMOR.


 Boa tarde!!! Carlos. Maravilhoso poema e mais ainda a forma como você aborda e retrata os sentimentos puros e reais ao nosso cotidiano. Creio que o amor a princípio vem para todos dessa forma linda, simples, ingênua e pura, independente de tempo, idade, sexo, raça e cor, e é no decorrer da vida que vai amadurecendo e se aprimorando. Sábio é aquele que no decorrer desses aprimoramentos sabe agarrar e dar o devido valor, e que esse valor sendo puro e verdadeiro jamais seja visto de forma alguma como uma simples barganha ou armadilhas da vida, muitas vezes aceitas por amar demais, de consequências trágicas e sem volta. É fato que no coração ninguém se manda, mas temos o livre arbítrio para mudar o percurso pelo destino imposto. Obrigada de coração. Que tenhas uma excelente tarde de domingo. Abraço grande. Bjs


Lindo texto... boa noite!!

Nossa... muito lindo! 

Lindo poema,e a realidade de.muitos jovens de hoje!
Infelizmente! Bom dia a todos!!!!

UM LINDO POEMA, BELISSIMA POSTAGEM PARABÉNS! BJS

 Ameii

Carlos boa noite achei tocante e muito lindo!

Muito lindo, obrigada amigo... boa noite...!!

adorei,lindo

Muito lindo o texto parabéns..

Como sempre seus poemas são bem marcante... Parabéns!

 
Como sempre irretocável!

Boa noite amigo! Adorei o poema....ele é profundo e verdadeiro. Me vi entre as linhas desse lindo poema. Bjs com muito carinho.

Um texto que mexe com nossa sensibilidade que pena que acabou assim, ela fez a escolha dela e perdeu a oportunidade de viver uma linda história de amor.Boa noite.

Amei..boa noite..bjs

Adorei...!!! Boa noite!!

Impecável. Obrigada, tenha um ótimo final de semana. Abraço!

Emocionante obrigada boa noite amigo!!!

Que amor foi este que fizestes escapar por tuas mãos quer amor foi este que a sede da droga te vencia porque não souber amar
 
Como sempre, lindo e emocionante. Boa noite!

Lindo de mais!!!

09/11/2014
  belíssimo! a igenuidade , do amor que aos poucos, percebi que "palavras e sentementos."não internaliza, o amor genuíno...É preciso amizade, companheirismo Esse amor, sim! vence todas intempérie, da vida. Grata por essa riqueza, tão real, na minha História, mas sigo para o alvo...a espera de um grande Amor. feliz, domingo ! 

NOOOOOSA UM LINDO POEMA, BELISSIMA POSTAGEM MEUS PARABÉNS LINDÃO!!! BJS

 linda essa poesia que mexe em muitos coraçoes

Nossa, esse amor foi profundo nesmo!
Um bjao Carlos! 

Lindo...amei..:

 
 Boa tardeee querido mto profundo

Nossa!!! Mto lindo!!!

que belo..

Lindoooo! !!

Ha não não foste abandonado por falta de interesse ou descaso..foste abandonado por causa do destino dono das vidas alheias que não pede licença e arrasta tudo como um furacão enfurecido, tirando das mãos dos apaixonados toda esperança deixando apenas a doce lembrança de um grande amor!!! Ha destino cruel que tira tudo e não deixa o amor crescer..leves tudo mas o que for verdadeiro do coração tu não poderas tirar!!

LINNNDOOOO. gostei obrigada pela partilha :)

BOM DIA!
É BONITO E TRISTE.GOSTEI

Amei muuiiitoo lindooo

Maravilhoso o texto....
Mto bem....Boa tarde
Bjus 

 Maravilhosa história. ......desejo - lhe uma ótima semana. ...abraços

Lindo demais, vc escrever realmente com o coração. 

 
lindo poema

Texto maravilhoso!

 sem palavras incrivel como sabe fazer uso das palavras


Lindíssimo poema