segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

A VITÓRIA DO AMOR


Vinha de longe
o vento das gargalhadas
perseguindo a velocidade da bola.
Os olhos brilhavam
na manhã cinzenta,
como um raio iluminado de alegria
atravessando o coração da felicidade.
E eu tinha a certeza,
na brincadeira do jogo,
que havia um motivo
para rir e festejar a vida.
Estava ali com os meus filhos,
unidos pela esfera da Amizade,
correndo atrás do nosso círculo de sangue,
para encher de golos
as redes felizes
com a vitória do nosso AMOR!

       À FAMÍLIA, O PRINCÍPIO DE TODO O AMOR!


Chamusca, 6 de Janeiro de 2014